Previous Next

Modernismo Catalão

Considerado muitas vezes como um equivalente ao Art Nouveau, o Modernismo Catalão teve seu ápice entre 1888 e 1911, e o seu principal centro foi a cidade de Barcelona. Buscando, ao mesmo tempo, o progresso e a revitalização das raízes nacionais, o Modernisme - como era chamado localmente – produziu uma arquitetura e um design com formas exuberantes raras vezes igualadas na História.

Neogótico

Com expoentes como Augustus Pugin e John Ruskin, no Reino Unido e Eugène Viollet-le-Duc, na França, o Renascimento Gótico – ou simplesmente Estilo Neogótico – teve seu auge entre 1830 e 1880. Com seu apelo Romântico e com uma nostalgia pelos tempos passados da Idade Média, influenciou profundamente a História do Design deixando marcas, entre outros, no movimento de Arts & Crafts inglês e no Modernismo Catalão.

Arts & Crafts

Em paralelo à deterioração da qualidade dos produtos provocada pela produção em massa decorrente da Revolução Industrial, houve quem constatasse a própria degradação moral da sociedade que os produzia e os consumia. Combater essa degeneração – ou ao menos resistir a ela -, foi o ideário do movimento de Artes e Ofícios (Arts & Crafts) que teve origem na Inglaterra e que durou de cerca de 1850 até pouco depois da virada do século.

Beaux-Arts

Fundada em 1648 pelo Cardeal Mazzarino como Académie des Beaux-Arts, a École des Beaux-Arts já contava com mais de dois séculos de história quando, em 1863, foi tornada independente do Governo por Napoleão III. Considerada uma das mais prestigiosas (e rigorosas) escolas de artes do mundo, ao final do século XIX foi o berço de um movimento que, ao combinar influências gregas e romanas com idéias renascentistas criou um estilo imponente de arquitetura que se espalhou por todos os Continentes.