Dicionário Aegis de Design

(Resultado para atuação Decorador(a))

  • Louis Majorelle

    Decorador(a)Acessar
  • Owen Jones

    Decorador(a)Acessar
  • Christian e Gustave Herter

    Decorador(a)Acessar
  • Henri Privat-Livemont

    Decorador(a)Acessar
  • Georges de Feure

    Decorador(a)Acessar
  • Paul Cauchie

    Decorador(a)Acessar

MAJORELLE, Louis
(Louis Majorelle)

 1859 - 1926
 CRONOLOGIA: 
  • 1859 - Nasce em Toul, na França.

  • 1877 - Ingressa na École des Beaux-Arts de Paris, onde estuda Pintura sob a orientação de Jean-François Millet.

  • 1879 - Após a morte de seu pai, Auguste Majorelle, Louis abandona os estudos e retorna à Nancy para assumir os négocios da família ao lado de seu irmão, Jules.

  • 1894 - Começa a desenvolver um estilo Art Nouveau, sob influência de Émile Gallé.

  • 1898 - Contrata Henri Sauvage, jovem arquiteto parisiense, para colaborar com Lucien Weissenburger na construção de sua casa em Nancy, Villa Majorelle (também conhecida como Villa Jika).

  • 1900 - Expõe suas peças de decoração na Exposition Universelle de Paris, o que implusiona o reconhecimento de seu trabalho internacionalmente.

  • 1901 - É co-fundador da École de Nancy, da qual se torna vice-presidente.

  • 1904 - Ganha o Grand Prize na St. Louis World's Fair.

  • 1910 - Abre lojas nas cidades de Nancy, Paris, Lyon e Lille.

  • 1916 - Incêndio destrói suas fábricas na Rue de Vieil-Aître, em Nancy.

  • 1917 - Um bombardeio alemão destrói sua loja na Rue Saint-Georges, em Nancy. Ele se muda então para Paris, e só volta para Nancy e reconstrói seus estabelecimentos após o fim da Primeira Guerra Mundial.

  • 1925 - Participa da Exposition Internationale des Arts Décoratifs et Industriels Modernes em Paris, inclusive como membro do júri.

  • 1926 - Morre em Nancy, na França.

  ÍCONE DO MOVIMENTO:
  PERSONAGENS RELACIONADOS:
  1. Ernest Bussière

JONES, Owen
(Owen Jones)

 1809 - 1874
 CRONOLOGIA: 
  • 1809 - Nasce em Londres, Inglaterra

  • 1825 - Começa a estagiar para o arquiteto Lewis Vulliamy

  • 1829 - Começa seus estudos em arquitetura na Academia Real

  • 1832 - Após se formar na Academia Real, embarca em seu Grande Tour para estudar a policromia na antiga arquitetura grega. Passa pela Itália, Grécia, Egito, Turquia e finalmente chega à Espanha acompanhado de Jules Goury, onde juntos estudam a decoração islâmica de Alhambra

  • 1836 - Começa a publicar o fruto de seus estudos chamado Plans, Elevations, Sections and Details of the Alhambra, dividido em 12 partes. Leva quase dez anos para lançar todas.

  • 1851 - É encarregado da decoração e disposição das obras e exibições na Grande Exposição de 1851

  • 1854 - Fica responsável, justamente de Matthew Digby Wyatt, pela decoração e organização do Palácio de Cristal em Sydenham, onde criam uma série de Quadras de Belas Artes que levariam os visitantes em uma jornada através da história do design e da ornamentação

  • 1856 - Publica sua mais famosa obra, o livro A Gramática do Ornamento

  • 1864 - Por seus conhecimentos de arte moura e árabe, é contratado para desenhar os interiores do palácio do Vice-rei do Egito, Ismail Pasha, no Cairo, no que Jones descreve como "O maior triunfo de sua vida"

  • 1874 - Morre aos 65 anos, em Londres, Inglaterra.

HERTER, (irmãos)
(Christian e Gustave Herter)

ATUAÇÕES: Designer, Decorador(a)
 1895 - 1966
 CRONOLOGIA: 
  • 1830 - Nasce Gustave, em Stuttgart, Alemanha.

  • 1839 - Nasce Christian, em Stuttgart, Alemanha.

  • 1848 - Gustave se muda para Nova York e começa a trabalhar por conta própria, seguindo os passos de seu pai, um habilidoso marceneiro.

  • 1853 - Gustave ganha notoriedade ao expor um belíssimo aparador entalhado em madeira no Palácio de Cristal.

  • 1859 - Christian, também tendo estudado a arte do pai, se muda para Nova York onde começa a trabalhar com seu irmão.

  • 1864 - Mudam o nome de sua empresa para "Irmãos Herter". A mesma se torna lider no mercado de decoração de interiores e mobiliário, atendendo aos novos gostos de ricos americanos.

  • 1868 - Decoram o interior de várias salas e galerias do Museu Mansão Lockwood-Mathews em Connecticut.

  • 1869 - Decoram o Salão Vermelho da Casa Branca durante o mandato do presidente americano Ulysses S. Grant.

  • 1870 - Gustave deixa a empresa e volta para a Alemanha, passando a administração da Irmãos Herter para as mãos de Christian.

  • 1879 - Christian decora o interior da mansão do executivo William Vanderbilt na Quinta Avenida.

  • 1881 - Christian se aposenta e se muda para Paris, onde passa a se dedicar a pintura. Pouco tempo depois, retorna a Nova York.

  • 1883 - Christian morre aos 44 anos em Nova York, Estados Unidos.

  • 1892 - Gustave volta para Nova York.

  • 1898 - Gustave morre aos 68 anos em Nova York, Estados Unidos.

PRIVAT-LIVEMONT, Henri
(Henri Privat-Livemont)

 1861 - 1936
 CRONOLOGIA: 
  • 1861 - Nasce em Schaerbeek, na Bélgica.

  • 1883 - Muda-se para Paris, após ganhar uma bolsa de estudos. Começa a trabalhar na decoração da prefeitura, e também na do Théâtre de la Porte Saint Martin.

  • 1886 - Expõe suas pinturas no Grande Salão de Paris.

  • 1889 - Conclui seu trabalho em Paris e retorna para sua cidade natal. Em Schaerbeek, trabalha como pintor e decorador. No ano seguinte, abre seu estúdio e começa a atuar como designer de posters e propagandas.

  • 1891 - Torna-se professor de ‘desenho, ornamento e figura’ na nova escola industrial de Schaerbeek. No mesmo ano, faz ilustrações para diversos periódicos, dentre eles as edições de janeiro a fevereiro para o jornal francês Le Journal Illustré.

  • 1895 - Tem trabalho incluído na publicação Les Maîtres de l’Affiche [Os Mestres do Poster], junto de outros artistas franceses e internacionais. Esta publicação francesa imprime mensalmente quatro novos posters dentre os melhores criados na época.

  • 1896 - Simbolista, Privat-Livemont é influenciado desde muito cedo da estética do Art Nouveau. Seus primeiros posters remetem muito às artes de Alfons Mucha. Desenha, neste ano, seu mais famoso poster, a propaganda para o Absinto Robette.

  • 1897 - [a Grande Maison de Blanc] Uma importante loja em Bruxelas, na Bélgica, é decorada com alguns de seus mais famosos painéis na fachada.

  • 1900 - Realiza seus primeiros sgraffites, técnica artística aplicada comumente em peças de cerâmica e decoração arquitetônica. Ganha muitos prêmios por seus trabalhos feitos para as lojas e escolas de Bruxelas.

  • 1936 - Morre aos 74 anos em Schaerbeek, na Bélgica.

DE FEURE, Georges
(Georges de Feure)

 "If the word 'feminine' can be used at all about applied art, then it can aptly be used to describe the work of Georges de Feure. Not only does he place his slender graceful female forms on posters and screens, and anywhere else he can put them, but his neat objects are designed so gracefully and so airly as though they were all intended for a female hand."

MADSEN, Stephan Tschudi. [2007]
The Art Nouveau Style.
Nova Iorque, Dover.
 CRONOLOGIA: 
  • 1868 - Nasce em Paris, na França.

  • 1870 - Georges e sua família partem da França devido a Guerra Franco Prussiana.

  • 1886 - Ingressa na Royal Academy of Visual Arts, em Amsterdam.

  • 1890 - Retorna a Paris, onde torna-se pupilo de Jules Chéret e produz cartazes para Salon Des Cent, Loie Fuller e Thermes Liegois.

  • 1893 - Continua a produção cartazes sob encomenda. No mesmo ano, expõe suas pinturas no Salon de la Rose Croix.

  • 1894 - É realizada exposição individual de seus trabalhos (dentre eles pinturas, cartazes, cerâmicas e móveis) na Société Nationale des Beaux-Arts, o que lhe traz notoriedade.

  • 1900 - Projeta o pavilhão da galeria de Siegfried Bing na Exposition Universelle de Paris, onde participa exibindo seus trabalhos. Uni-se à galeria L'Art Nouveau, e se torna chefe do Departamento de Design, nos anos seguintes.

  • 1901 - É nomeado Chevalier de la Légion d'honneur por sua contribuição para as Artes Decorativas.

  • 1912 - Muda-se para a Inglaterra, onde trabalha com Teatro, projetando cenários e figurinos com aproximação ao Art Decó.

  • 1924 - Projeta todos os móveis da casa de Madeleine Vionnet, em Paris.

  • 1925 - Projeta o pavilhão de Roubaix et Tourcoing na Exposition Internationale de Arts Décoratifs et Industriels Modernes.

  • 1928 - É nomeado professor na École Nationale Supérieure des Beaux-Arts de Paris.

  • 1943 - Morre em Paris, aos 75 anos.

CAUCHIE, Paul
(Paul Cauchie)

 
 CRONOLOGIA: 
  • 1875 - Nasce em Hainaut, na Bélgica.

  • 1887 - Entra para a Academia de Belas Artes para estudar desenho e pintura. Quatro anos depois passa a focar seus estudos em Arquitetura, mas não dura muito tempo.

  • 1893 - Abandona o curso de Arquitetura para ter aulas com o pintor e muralista Constant Montald, em Bruxelas.

  • 1894 - Entra para a Escola de Artes Decorativas na Academia Real de Belas Artes, em Bruxelas, onde prossegue seus estudos em desenho e pintura e começa a aprender as técnicas de sgraffito e esmaltagem.

  • 1896 - Começa a trabalhar por conta própria, especializando-se em decoração.

  • 1899 - Viaja para Paris para estudar, mas é forçado a retornar para casa para tocar seus negócios.

  • 1905 - Constrói sua casa e estúdio, chamada de Casa Cauchie. Seu mais famoso trabalho, a casa é considerada uma das mais belas construções do Art Nouveau em Bruxelas, reunindo inúmeras criações suas e de Paul e sua esposa, a pintora Caroline Voets.

  • 1910 - Realiza seu segundo projeto arquitetônico, uma casa de sua propriedade em Etterbeek.

  • 1913 - Seus trabalho continua a crescer e o fluxo de pedidos se torna tão grande que Cauchie precisa contratar funcionários. Além de seus murais em sgraffito, Cauchie também produz vitrais, pinturas e móveis.

  • 1914 - Por ocasião da Primeira Guerra Mundial foge para a Inglaterra com sua família, onde pinta e expõe sua arte.

  • 1918 - Após o fim da guerra, retorna para a Bélgica mas encontra dificuldades para vender seu trabalho. O sgraffito havia saído de moda e se tornado muito caro para a população empobrecida. Passa então a dedicar-se a pintura: guache e aquarela.

  • 1923 - É condecorado com a Ordem da Coroa da Bélgica.

  • 1941 - Toma parte do Comitê Cultural formado pelo Departamento de Propaganda da Alemanha.

  • 1943 - É criada a Federação de Artistas Belgas e Expressionistas Franceses, da qual é convidado a fazer parte após uma exposição de suas obras em Charleroi, na Bélgica.

  • 1952 - Morre aos 77 anos em Bruxelas, na Bélgica.

Ooops!
Não encontramos resultados
com essa pesquisa.