Dicionário Aegis de Design

(Resultado para atuação Designer de Jóias)

  • De Courcy Lewthwaite Dewar

    Designer de JóiasAcessar
  • Archibald Knox

    Designer de JóiasAcessar
  • René Lalique

    Designer de JóiasAcessar
  • Louis Comfort Tiffany

    Designer de JóiasAcessar
  • Eugène Grasset

    Designer de JóiasAcessar
  • Daniel Proulx

    Designer de JóiasAcessar
  • Jessie Marion King

    Designer de JóiasAcessar
  • Alfons Maria Mucha

    Designer de JóiasAcessar
  • Charles Robert Ashbee

    Designer de JóiasAcessar
  • Édouard Colonna

    Designer de JóiasAcessar
  • Carl Otto Czeschka

    Designer de JóiasAcessar
  • Romain de Tirtoff

    Designer de JóiasAcessar
  • Otto Prütscher

    Designer de JóiasAcessar

DEWAR, De Courcy L.
(De Courcy Lewthwaite Dewar)

 
 CRONOLOGIA: 
  • 1878 - Nasce em Kandy, no Sri Lanka.

  • 1891 - Entra para a Escola de Arte de Glasgow, tornando-se proficiente em inúmeras áreas.

  • 1899 - Duas de suas criações - expostas na Exposição do Clube da Escola de Arte - recebem destaque na revista The Studio, que avalia seu candelabro e sua caixa de jóias de metal como "peças de design e execução excelentes, dignas de estudo".

  • 1900 - Começa a lecionar esmaltagem e design em metais na Escola de Arte de Glasgow, posto que mantém durante quase trinta anos. No mesmo ano, abre um estúdio próprio na cidade para seus trabalhos independentes.

  • 1902 - Exibe uma de suas peças - um painel esmaltado - na Exposição Internacional de Arte Decorativa, em Turin, ao lado das obras de grandes artistas de Glasgow, como os Mackintosh, e os MacNair.

  • 1903 - Demite-se da Escola de Arte de Glasgow após ter seu pedido de aumento de salário negado. Após uma discussão, o diretor Fra Newbery decide levar seu pedido de aumento aos governantes, fazendo-a voltar atrás na demissão, ainda que descontente.

  • 1909 - Um artigo na revista The Studio sobre seu trabalho variado a coloca entre os melhores artistas de sua época.

  • 1924 - Pinta um dos vinte e três painéis para o Forestry Hall da Exposição de Wembley, na Inglaterra. Seu trabalho é bem recebido pela crítica.

  • 1935 - Ganha o Prêmio Lauder da Sociedade de Mulheres Artistas com uma caixa de jóias feita em zinco e prata, destacada como um exemplo de bom design no livro Design Aplicado em Metais Preciosos de Peter Davidson.

  • 1950 - Publica a história da Sociedade das Mulheres Artistas, da qual é a presidente. Seus diários bem cuidados e suas cartas oferecem um raro olhar sobre a vida de uma mulher designer na época do Movimento de Glasgow.

  • 1959 - Morre aos 81 anos em Glasgow, na Escócia.

KNOX, Archibald
(Archibald Knox)

 1864 - 1933
 CRONOLOGIA: 
  • 1864 - Nasce Archibald, quinto filho da família Knox, na Ilha de Man, Reino Unido.

  • 1878 - Inicia seus estudos na Douglas School of Art.

  • 1884 - Começa a atuar como professor na Douglas School of Art.

  • 1892 - Especialista em ornamentos celtas, é premiado em um concurso de design de ornamentos históricos.

  • 1893 - Publica Ancient crosses in the Isle of Man na revista The Builder.

  • 1896 - Publica Isle of Man as a Sketching Ground, na prestigiosa revista The Studio.

  • 1897 - Aproxima-se, provavelmente nesta data, da Liberty & Co. que comercializa suas criações sem lhe dar crédito.

  • 1899 - A Liberty & Co. participa da Arts & Crafts Exhibition. Muitos dos produtos exibidos são criações (anônimas) de Knox.

  • 1900 - Começa a lecionar na recém aberta Kingston School of Art.

  • 1902 - Introduz a linha céltica de produtos na Liberty & Co., sendo um dos principais expoentes do Renascimento Celta.

  • 1903 - A Liberty & Co. participa da Arts & Crafts Exhibition com diversos produtos de Knox. Está no auge de sua carreira.

  • 1912 - Renuncia ao posto de professor da Kingston School of Art após críticas a seu método de ensino. Seus alunos abandonam a escola em protesto e fundam a Knox Guild of Craft & Design.

  • 1912 - Deixa a Inglaterra e vai tentar a sorte na Filadélfia, nos Estados Unidos.

  • 1913 - Projeta tapetes para a Bromley & Co., firma da Filadélfia e ensina na Pensilvânia. Mas, incapaz de obter um bom posto nos Estados Unidos, regressa para a Ilha de Man.

  • 1933 - Morre na Ilha de Man aos 69 anos. Em sua lápide, a inscrição: "Archibald Knox, Artista, humilde servo do Senhor no sacerdócio do Belo".

LALIQUE, René
(René Lalique)

 1860 - 1945
 CRONOLOGIA: 
  • 1860 - Nasce em Aÿ-en-Champagne, Marne, na França.

  • 1872 - Ingressa na College Turgot e começa a estudar desenho com o professor Justin-Marie Lequin.

  • 1876 - Começa a trabalhar como aprendiz do artesão e joalheiro Louis Aucoc.

  • 1878 - Ingressa na Sydenham Art College, em Londres, onde estuda até 1880.

  • 1882 - Começa a trabalhar como designer independente para grandes joalherias de Paris, como Jacta, Cartier e Boucheron.

  • 1885 - Assume a direção da oficina do joalheiro Jules Destape, na Place Gaillon, Paris.

  • 1890 - Já reconhecido como um dos designers de joias Art Nouveau mais importantes da França, é chamado para criar peças para La Maison de l'Art Nouveau, de Samuel Bing, em Paris.

  • 1900 - Apresenta suas obras na Exposition Universelle de Paris, onde faz sucesso com suas joias.

  • 1902 - Projeta figurino a ser usado pela atriz Sarah Bernhardt na peça Théodora. A atriz era uma de suas clientes mais famosas.

  • 1905 - Abre uma loja na Place Vendôme, em Paris, onde exibe não só suas joias, mas também seus trabalhos em vidro.

  • 1910 - Projeta o frasco para o perfume Ambre Antique de Fraçois Coty.

  • 1920 - Depois de longos anos projetando peças no estilo Art Nouveau, Lalique começa a explorar mais o estilo Art Déco em seus trabalhos.

  • 1929 - Lalique é chamado para fazer a decoração dos vagões do Côte d’Azur Pullman Express.

  • 1935 - É chamado para colaborar no design de interior da grande sala de jantar da primeira classe do navio de luxo Normandie, projetando as colunas de iluminação e lustres para o ambiente. Nesse mesmo ano ele abre a loja Lalique, na Rue Royale, em Paris.

  • 1945 - Morre, aos 85 anos, em Paris, na França.

TIFFANY, Louis Comfort
(Louis Comfort Tiffany)

 1848 - 1933
 CRONOLOGIA: 
  • 1848 - Nasce em Nova York, nos EUA.

  • 1866 - Volta para Nova York após se formar na Eagleswood Military Academy, em New Jersey, e inicia seus estudos de pintura sob a tutela de George Inness.

  • 1870 - Visita a Europa e o Norte da África, primeiro na companhia do artista Robert Swain Gifford; e depois com Gifford e seu amigo, também artista, Samuel Colman no inverno seguinte.

  • 1871 - Torna-se membro associado da National Academy of Design.

  • 1879 - Junta-se a Candace Wheeler, Samuel Colman e Lockwood de Forest, para fundar a Louis Comfort Tiffany and Associated American Artists.

  • 1881 - Faz a decoração de interior da Mark Twain House, em Hartford, Connecticut.

  • 1882 - É contratado, a pedido do então presidente Chester A. Arthur, para fazer a decoração de ambientes da White House.

  • 1885 - Registra a empresa Tiffany Glass and Decorating Company, posteriormente conhecida como Tiffany Studios.

  • 1893 - Monta uma nova fábrica chamada Stourbridge Glass Company (posteriormente conhecida como Tiffany Glass Furnaces) localizada em Corona, Queens, Nova York.

  • 1895 - Suas obras são exibidas na galeria de Samuel Bing, L'Art Nouveau, em Paris.

  • 1900 - Expõe seus vitrais The Four Seasons, (que lhe rendem uma medalha de ouro) na Exposition Universelle, em Paris.

  • 1902 - Torna-se Diretor de Arte da Tiffany & Co., empresa de joias fundada por seu pai, Charles Lewis Tiffany.

  • 1918 - Funda a Louis Comfort Tiffany Foundation, um retiro de verão para jovens artistas e artesãos, que funcionaria em sua casa, Laurelton Hall, em Long Island, NY.

  • 1933 - Morre aos 84 anos em Nova York, nos EUA.

PROULX, Daniel
(Daniel Proulx)

KING, Jessie M.
(Jessie Marion King)

 
 CRONOLOGIA: 
  • 1875 - Nasce em Bearsden, na Escócia.

  • 1891 - Após uma infância conturbada e pais rigorosos que desencorajaram seu interesse artístico, Jessie começa seu treinamento como professora de Arte na Universidade Queen Margaret, em Glasgow.

  • 1892 - Entra para a Escola de Arte, em Glasgow, onde recebe inúmeros prêmios enquanto aluna.

  • 1898 - Conquista uma medalha de prata por suas ilustrações para o livro A Luz da Ásia, na Competição Nacional em South Kensington.

  • 1899 - Forma-se na Escola de Arte de Glasgow e passa a lecionar Decoração de Livros e Design. É também contratada por uma loja de departamentos na Alemanha, que se interessa por seu trabalho, e lhe pede uma gama de itens "feitos ao novo estilo escocês".

  • 1902 - Viaja pela Alemanha e Itália, e é fortemente inspirada pelos trabalhos de Botticelli. No mesmo ano, recebe medalha de ouro por sua capa para o livro L'Evangile de L'Enfance, na Exposição Internacional de Arte Decorativa Moderna, em Turin, o que a consolida como proeminente ilustradora de livros do movimento de Glasgow.

  • 1903 - Torna-se membro do comitê da Sociedade de Artistas de Glasgow.

  • 1905 - Entra para a Sociedade de Mulheres Artistas de Glasgow. Sua contribuição para o movimento escocês começa a despontar com exposições de sua arte em Londres e, dois anos mais tarde, em Glasgow.

  • 1911 - Abre, juntamente com seu marido, o pintor e designer Ernest Archibald Taylor, o Atelier e Escola de Arte em Sheiling em Paris. Seus trabalhos durante sua estadia na França são considerados de grande influência para a criação do movimento Art Déco.

  • 1920 - Transfere seu Atelier e Escola de Arte para Kirkcudbright, de volta na Escócia, onde estabelece um importante centro para mulheres artistas chamado Green Gate Close, no qual manteve um estúdio próprio para trabalhar com cerâmica.

  • 1924 - Inspirada pelo estilo de arte javanês conhecido como batik, escreve e ilustra o livro Como Cinderela Conseguiu Ir Ao Baile.

  • 1949 - Morre aos 74 anos em Kirkcudbright, na Escócia.

MUCHA, Alfons Maria
(Alfons Maria Mucha)

 
 CRONOLOGIA: 
  • 1860 - Nasce em Ivancice, South Moravia

  • 1878 - Mucha se inscreve na Academia de Belas Artes de Praga. Sua inscrição é rejeitada com a recomendação: 'Procure outra profissão na qual será mais útil.'

  • 1879 - Vai para Viena para trabalhar como pintor de cenário para a firma de Kautsky-Brioschi-Burghardt.

  • 1881 - Deixa Viena quando o Ringtheater, o maior cliente de seus empregadores, pega fogo em um acidente que mata 500 pessoas. Mucha, sendo o empregado mais novo, recebe seu aviso prévio.

  • 1882 - Vai para Mikulov onde trabalha pintando retratos. Encontra o Conde Khuen Belasi que lhe contrata para decorar seu castelo em Emmahof.

  • 1887 - Se muda para Paris para estudar na Académie Julian, sob o patrocínio do Conde.

  • 1894 - Pinta 'Gismonda', seu primeiro poster para Sarah Bernhadt.

  • 1896 - Se muda para um novo estúdio na Rue du Val-de-Grâce. Champenois publica o primeiro painel decorativo de Mucha, "As Estações".

  • 1898 - Começa a dar aulas de desenho na Whistler's Académie Carmen. Participa na primeira exposição da Secessão Vienense. Os posteres e painéis de Mucha são mostrados em Chrudim e Hradec Králové em Bohemia e Budapeste.

  • 1909 - Charles Crane concorda em financear a Epopeia Eslava de Mucha.

  • 1910 - Retorna à Praga para trabalhar nos murais de Obecni dum. Aluga um estúdio e um flat no castelo de Zbiroh, região oeste de Bohemia, para trabalhar na Epopeia Eslava.

  • 1911 - Completa os murais de Obecní dum

  • 1912 - Completa os três primeiros quadros da Epopeia Eslava. Estes são apresentados à cidade de Praga em Dezembro.

  • 1919 - Os onze primeiros quadros da Epopeia Eslava são expostos no Klementium em Praga e depois enviados para serem exibidos na América.

  • 1928 - O ciclo completo da Epopeia Eslava é oficialmente apresentado para o povo tcheco e à cidade de Praga por Mucha e Charles Crane e é mostrado no Trade Fair Palace da cidade.

  • 1938 - Começa a trabalhar no tríptico (não terminado) A Era da Razão, A Era do Conhecimento e A Era do Amor. Apesar de estar sofrendo com pneumonia, começa a coletar e escrever suas memórias.

  • 1939 - Mucha está entre os primeiros a serem presos pela Gestapo quando os alemães invadem a Checoslováquia. Ele é questionado e liberado para voltar para casa, mas sua saúde fica muito debilitada pelo acontecimento. Morre em Julho, em Praga.

ASHBEE, Charles Robert
(Charles Robert Ashbee)

 Charles Robert Ashbee afirmou que os princípios do Movimento Arts and Crafts foram desenvolvidos de maneira mais lógica e mais consistente nos Estados Unidos e na Europa do que na Grã-Bretanha.”

ADAMS, Steven. [1987]
The Arts & Crafts Movement.
London, Grange Books.
 CRONOLOGIA: 
  • 1863 - Nasce na vila de Isleworth, Inglaterra.

  • 1883 - Passa 3 anos estudando no King's College, em Cambrige, sob a orientação do arquiteto George Frederick Bodley.

  • 1888 - Funda a Guild and School of Handicraft no Toynbee Hall.

  • 1890 - A escola muda-se para Essex House em Mile End, Londres.

  • 1898 - Traduz e publica Benvenuto Cellini's Treatises; um clássico que descreve técnicas de ouriversaria e escultura.

  • 1902 - A escola é forçada a mudar-se de novo, desta vez para Chipping Camden, onde mais tarde funcionará a School of Arts & Crafts (1904-1914).

  • 1907 - É publicado um catálogo contendo seus trabalhos em prata e de joalheria a preços extremamente baratos.

  • 1909 - Publica Modern English Silverwork, sob a influência do estilo dos produtos de Arthur Liberty e da Secessão Vienense.

  • 1918 - É apontado conselheiro cívico do Mandato Britânico da Palestina, supervisionando construções e proteção de sítios históricos e monumentos como presidente da Sociedade Pró-Jerusalém.

  • 1942 - Morre, aos 79 anos, em Sevenoaks, Kent, Inglaterra.

COLONNA, Édouard
(Édouard Colonna)

 Como designer de móveis, Eugène Colonna [sic] situa-se entre (...) [Eugène Gaillard e Georges De Feure]. Menos dinâmico do que Gaillard, mostra-se tão elegante como De Feure no que este tem de melhor; mas sua decoração é mais calma e mais austera do que a de ambos. De Feure e Colonna também trabalharam com têxteis e com porcelana”.
Madsen, Stephan Tchudi. [1956]
The Art Nouveau Style.
New York, Dover Publications.
 CRONOLOGIA: 
  • 1862 - Nasce, em Colônia, Alemanha, o primeiro filho do segundo casamento de Karl Edouard Klonne. A criança mais tarde assumirá o pseudônimo de Edward (Édouard) Colonna.

  • 1877 - Vai para Bruxelas, onde termina seus estudos de arquitetura em 1881.

  • 1882 - Muda-se para Nova Iorque, onde trabalha na Tiffany's Associated Artists por pouco tempo.

  • 1884 - Começa a trabalhar para o escritório de arquitetura de Bruce Price, em Nova Iorque.

  • 1885 - Passa a trabalhar para um dos maiores clientes da Bruce Price - a Barney & Smith Co., em Dayton, onde desenvolveu uma serie de projetos em maioria voltados para decoração de interiores.

  • 1888 - Casa-se com Louise McLaughlin, com quem tem um filho. O casamento não dura muito tempo. Neste mesmo ano deixa a Barney & Smith.

  • 1889 - Muda-se para Montreal, Canadá, onde abre seu escritório. Um de seus maiores clientes - a Canadian Pacific Railway -, era também cliente da Barney & Smith.

  • 1897 - Com o fim da expansão ferroviária, desliga-se da Canadian Pacific Railway.

  • 1898 - Muda-se para a Europa, estabelecendo-se em Paris onde começa a trabalhar como designer para a Maison de l’Art Nouveau, de Siegfried Bing.

  • 1898 - Tem início o ápice da carreira de Collona, que perdura até 1902. Collona desenha jóias, produtos têxteis, móveis e participa da Exposição Universal de Paris, de 1900.

  • 1903 - Com a decadência do da galeria de Bing, Collona não consegue manter-se no ramo.

  • 1905 - Declínio do Art Nouveau e a morte de Siegfried Bing: Colonna volta ao Canadá, fixando-se em Toronto.

  • 1923 - Aos 61 anos muda-se para Nice, no Sul da França. Sua saúde torna-se frágil.

  • 1928 - Com a total deterioração de sua saúde, fica paralisado e confinado à sua cama, onde passará seus últimos anos.

  • 1948 - Morre, aos 86 anos, em Nice.

CZESCHKA, Carl Otto
(Carl Otto Czeschka)

 1878 - 1960
 CRONOLOGIA: 
  • 1878 - Nasce em Viena, Áustria.

  • 1894 - Estuda Pintura com Christian Griepenkerl na Akademie der bildenden Künste, em Viena, até 1899.

  • 1899 - É encarregado da decoração da igreja do imperador Joseph em Radmer, Styria.

  • 1900 - Torna-se membro da Secessão Vienense.

  • 1902 - Leciona na Escola de Artes e Ofícios de Viena até 1907.

  • 1905 - Torna-se membro da Wiener Werkstätte.

  • 1907 - Leciona na Kunstgewerbeschule em Hamburgo. Nesse mesmo ano, cria um cartaz para o Fledermaus Cabaret.

  • 1909 - Conclui o que é considerado o seu trabalho mais famoso: as ilustrações para o livro Die Nibelungen.

  • 1918 - Projeta cenários e figurinos para adaptação da peça King Lear de William Shakespeare.

  • 1922 - Desenha o "Bufo", emblema da Brinckmann Justus Gesellschaft.

  • 1960 - Morre em Hamburgo, aos 81 anos.

  ÍCONE DO MOVIMENTO:
  PERSONAGENS RELACIONADOS:
  1. Hilda Jesser

PRÜTSCHER, Otto
(Otto Prütscher)

 1880 - 1949
 CRONOLOGIA: 
  • 1880 - Nasce em Viena, Áustria.

  • 1895 - Ingressa na Fachhochschule für Holzindustrie (Timber Industry College).

  • 1897 - Entra para a Kunstgewerbeschule (Escola de Artes e Ofícios), em Viena, onde estuda com Franz von Matsch e Josef Hoffmann.

  • 1900 - Diversos de seus trabalhos são publicados no Das Interieur.

  • 1901 - Termina seus estudos na Kunstgewerbeschule; em seguida trabalha em colaboração com Erwin Puchinger, fazendo Design de Interiores.

  • 1903 - É chamado para trabalhar como assistente na Graphische Lehr- und Versuchsanstalt (Instituto de Arte Gráfica de Viena).

  • 1908 - Projeta uma sala de mármore para o Kunstschau, que é executada depois por artesãos da Wiener Werkstätte.

  • 1910 - Torna-se professor na Graphische Lehr- und Versuchsanstalt (Instituto de Arte Gráfica de Viena) e na Kunstgewerbeschule (Escola de Artes e Ofícios).

  • 1911 - Casa-se com Helene Süßmandl.

  • 1922 - Torna-se membro da Künstlerhaus de Viena.

  • 1931 - Projeta a casa de Dr. Otto Wertheim, em Mariazell, Viena.

  • 1934 - Realiza a construção da loja Piccini, no mercado mais popular de Viena, o Naschmarkt.

  • 1946 - Aposenta-se e para de dar aulas.

  • 1947 - Ganha o Prêmio do Estado Austríaco de Arquitetura.

  • 1949 - Morre aos 68 anos, em Viena.

  ÍCONE DO MOVIMENTO:
  PERSONAGENS RELACIONADOS:
  1. Hilda Jesser

Ooops!
Não encontramos resultados
com essa pesquisa.