Dicionário Aegis de Design

(Resultado para atuação Vitralista)

CLARKE, Harry
(Harry Clarke)

 
 CRONOLOGIA: 
  • 1889 - Nasce em Dublin, Irlanda. Filho de um decorador de igrejas, Harry cresceu em torno de muitas escolas de arte.

  • 1905 - Deixa a universidade de Belvedere após a morte de sua mãe poucos anos antes, e começa a trabalhar como aprendiz no estúdio de seu pai durante o dia e frequentar aulas na Escola de Arte de Dublin à noite.

  • 1910 - Seu vitral “The Consecration of St Mel, Bishop of Longford, by St Patrick” ganha a medalha de ouro na Competição Nacional da Banca de Educação em Londres. A primeira de três medalhas de ouro consecutivas por seus vitrais na Competição Nacional.

  • 1914 - Casa-se com a artista Margaret Crilley e, juntos, se mudam para Londres, onde Harry começa a trabalhar com encomendas de ilustração de livros.

  • 1916 - É impresso seu primeiro projeto completo de ilustração, contendo 16 placas coloridas e mais 24 em meio-tom para o livro “Fairy Tales by Hans Christian Andersen”.

  • 1918 - Entrega nove vitrais encomendados para a Capela de Honan. Seu trabalho magnífico e bem detalhado cimenta sua reputação como um artesão habilidoso e original.

  • 1921 - Morre seu pai, Joshua Clarke, e Harry se muda para seu estúdio na North Frederick Street. Enquanto seu irmão cuida das encomendas de decoração, Harry continua a realizar suas encomendas em vidro, logo tendo seu nome associado a alta qualidade em vitrais.

  • 1923 - É instalado o vitral The Ascension em Brisbane, recebido com grande aclamação.

  • 1927 - Clarke entrega ao Ministro irlandês sua proposta para uma encomenda de vitral contendo oito cenas distintas de obras de escritores irlandeses para a Organização Internacional do Trabalho em Genebra. Sua ideia é rejeitada após serem consideradas impróprias algumas das cenas contendo dançarinas semi-n

  • 1931 - Morre em Coire, Suíça, aos 41 anos de idade.

MORRIS, William
(William Morris)

 Apolítico ferrenho, Rossetti influenciou Morris a silenciar sua inconveniente consciência social e a adotar uma filosofia estética do tipo “arte pela arte”. Enfeitiçado por Rossetti, Morris escreveu em 1856: ‘Não consigo interessar-me por temas político-sociais. (...) Não tenho nem o poder e nem a vocação para corrigi-los minimamente. Meu trabalho é a realização de sonhos, de uma maneira ou de outra’.”
BURDICK, John. [2006]
William Morris: Redesigning the World.
New York, New Line Books.
 CRONOLOGIA: 
  • 1834 - Nasce em Walthamstow, distrito localizado ao nordeste de Londres.

  • 1853 - Inicia estudos de Teologia na Universidade de Oxford, lá permanecendo até 1855.

  • 1857 - Inicia-se em pintura, guiado por Dante Gabriel Rossetti.

  • 1858 - Escreve seu primeiro livro de poemas, The Defense of Guinevere and Other Poems.

  • 1862 - Começa a desenhar papéis de parede, atividade em que se destacou.

  • 1864 - Lançados os papéis de parede Daisy, Fruit e Trellis.

  • 1875 - Abre a Morris & Co., loja de venda de produtos de Arts & Crafts.

  • 1877 - Funda a Society for Protection of Ancient Buildings.

  • 1883 - Torna-se membro da Social Democratic Federation; o primeiro Partido Socialista Britânico.

  • 1891 - Estabelece a Kelmscott Press, que produzirá livros a mão, sendo o primeiro título The True Nature of Gothic, de Ruskin. A Kelmscott produzirá 53 títulos de edições limitadas.

  • 1896 - Morre em Londres, aos 62 anos.

WEBB, Philip
(Philip Webb)

 George Jack, (…) principal assistente [de Webb], escreveu após sua morte: ‘É como lembrar-se dos raios de sol do passado – eles deleitam e passam, mas também fazem as coisas crescer. Webb foi como os raios de sol; foi, inclusive, tão pouco reconhecido e agradecido quanto eles’."

TODD, Pamela. [2004]
The Arts & Crafts Companion.
New York, Palazzo, 2008.
 CRONOLOGIA: 
  • 1831 - Nasce em Oxford, na Inglaterra.

  • 1846 - Começa seu aprendizado junto ao arquiteto John Billing, em Reading, Berkshire.

  • 1852 - Torna-se assistente do arquiteto George Edmund Street, em Londres.

  • 1856 - Conhece William Morris, de quem se tornará grande amigo.

  • 1858 - Abre sua própria firma de Arquitetura.

  • 1859 - Constrói para William Morris a Red House, em Bexleyheath, Kent; casa que será uma das referências do Movimento Arts & Crafts.

  • 1861 - Ajuda a fundar a Morris, Marshall, Faulkner & Company, firma para a qual executará diversos projetos.

  • 1874 - Inicia o projeto da Igreja (Gótica) de St. Martin, em Brampton; a única Igreja na qual trabalhou. A construção dura quatro anos.

  • 1877 - Funda, com William Morris, a Society for the Protection of Ancient Buildings.

  • 1885 - Junta-se à Socialist League, da qual se tornará Tesoureiro.

  • 1892 - Começa o projeto da Casa Standem, terminado em 1894; um de seus últimos trabalhos.

  • 1900 - Aposenta-se e vai morar no interior da Inglaterra onde viverá modestamente.

  • 1915 - Morre em Worth, Sussex, Inglaterra, aos 84 anos.

Ooops!
Não encontramos resultados
com essa pesquisa.