Dicionário Aegis de Design

(Resultado para Deutscher Werkbund e suas conexões)

Deutscher Werkbund
(Deutscher Werkbund)

ORIGEM: Alemanha
 Fundando na Alemanha, buscava aproximar mais a indústria ao design, substituindo as formas naturalistas do Jugendstil por uma aproximação funcionalista e formal. Dentro do movimento, ocorreu um constante debate entre a produção em série e a produção individual de produtos, temendo-se que a industrialização pudesse subjugar a cultura nacional. Durou de 1907 até 1934.

Secessão Vienense
(Secessão Vienense)

ORIGEM: Áustria
 Criada por um grupo de artistas que rompeu com as Academias de Artes de Viena na busca de sua própria visão criativa. Tentou aproximar a arquitetura e as artes decorativas. Embora em fases iniciais o grupo seguisse ou seus membros seguissem o Art Nouveau, mais tarde optou por seguir suas próprias visões criativas como associação independente. Durou de 1897 até 1920.

Wiener Werkstätte
(Wiener Werkstätte)

  ÍCONE DO MOVIMENTO:
  PERSONAGENS RELACIONADOS:
  1. Hilda Jesser

Bauhaus
(Bauhaus)

ORIGEM: Alemanha
 Escola alemã de design, artes plásticas e arquitetura de vanguarda, foi uma das maiores e mais importantes expressões do Modernismo no design e na arquitetura. Acreditavam que o designer precisava ter uma formação ampla e pregavam que a forma segue a função e por isso rejeitavam ornamentações em favor da funcionalidade. O movimento perdurou de 1919 a 1933.

MUTHESIUS, Adam G. Hermann
(Adam G. Hermann Muthesius)

 1861 - 1927
 CRONOLOGIA: 
  • 1861 - Nasce em Großneuhausen, Alemanha.

  • 1883 - Entra para o Charlottenburg Technical College, onde começa estudando Filosofia e Arte, e logo em seguida muda para Arquitetura. No mesmo ano, trabalha no escritório do arquiteto Paul Wallot.

  • 1887 - Termina os estudos e vai morar em Tóquio por 3 anos, onde é empregado por Ende & Böckmann.

  • 1891 - Volta para a Alemanha, e começa a trabalhar como arquiteto público e editor da seção “engenharia de superfície” da revista de Engenharia e Arquitetura Zeitschrift für Bauwesen.

  • 1895 - Trabalha na contrução da Levensau Bridge. No mesmo ano ganha uma viagem para estudar na Itália durante 7 meses.

  • 1896 - É nomeado embaixador cultural da Embaixada Alemã em Londres, e passa 6 anos investigando a arquitetura residencial, o estilo de vida doméstico e o design.

  • 1902 - Publica Stilarchitektur und Baukunst, sua primeira tentativa de definir elementos da Arquitetura Moderna de acordo com as noções de realismo e simplicidade.

  • 1904 - Publica Das Englische Haus, considerado um dos maiores livros de história e crítica da Arquitetura.

  • 1907 - Funda a Deutscher Werkbund, com Peter Behrens, e outros.

  • 1909 - Constrói, com outros arquitetos como Richard Riemerschmid, Bruno Paul e Wilhelm Kreis, a primeira Cidade Jardim da Alemanha, em Hellerau.

  • 1927 - Morre num acidente de bonde, em Berlim, Alemanha.

  ÍCONE DO MOVIMENTO:
  PERSONAGENS RELACIONADOS:
  1. Wilhelm Kreis

BEHRENS, Peter
(Peter Behrens)

 Não se podem perceber muitos traços da Jugend no trabalho [de Peter Behrens] e, ainda assim, sempre que eles aparecem, mostram-se discretos e associados com um sistema de linhas retas e paralelas que tem muito pouco em comum com as vigorosas evoluções encontradas nas variantes de outros países”.
TSCHUDI-MADSEN, Stephan. [1956]
The Art Nouveau Style.
New York, Dover, 2002 .
 CRONOLOGIA: 
  • 1868 - Nasce em Hamburgo, na Alemanha.

  • 1886 - Estuda Pintura na Kunstgewerbeschule (Escola de Artes Aplicadas) em Hamburgo, até 1889; em seguida estuda na Kunstschule (Escola de Arte), em Karlsruhe e logo após na Düsseldorfer Akademie, em Düsseldorf.

  • 1890 - Casa-se com Lilly Krämer e se muda para Munique, onde participa do movimento Jugendstil.

  • 1893 - É um dos membros fundadores da Münchener Secession (Secessão de Munique).

  • 1897 - Junta-se a Hermann Obrist, August Endell, e Richard Riemerschmid, entre outros, para fundar a Vereinigten Werkstätten für Kunst im Handwerk (Oficinas Unidas) em Munique.

  • 1899 - Aceita o convite do Grão-Duque Ernst Ludwig de Hesse e junta-se à Darmstädter Künstlerkolonie (Colônia de Artistas de Darmstadt).

  • 1901 - Projeta sua própria casa, a Haus Behrens, em Darmstadt; sendo responsável também por seu projeto de design de interior e mobiliário.

  • 1903 - É nomeado diretor da Kunstgewerbeschule (Escola de Artes e Ofícios), em Düsseldorf.

  • 1907 - Funda com Hermann Muthesius, Friedrich Naumann, Karl Schmidt, entre outros, a Deutscher Werkbund (Associação Alemã de Artistas).

  • 1908 - Começa a atuar como consultor artístico da Allgemeine Elektricitäts-Gesellschaft (AEG), contratado por Emil Rathenau.

  • 1909 - Projeta a AEG-Turbinen-Fabrik (Fábrica de Turbinas da AEG), primeiro edifício alemão em aço e vidro, introduzindo uma nova expressão para a arquitetura européia.

  • 1922 - Aceita convite para lecionar na Akademie der Bildenden Künste, em Viena, one chefia o departamento de Arquitetura até 1936.

  • 1926 - A pedido de Wenman Joseph Bassett-Lowke, projeta a casa New Ways em Northampton, Inglaterra, considerada por muitos a primeira construção modernista da Grã-Bretanha.

  • 1936 - Assume a direção do departamento de Arquitetura da Preußische Akademie der Künste (Academia Prussiana de Artes), em Berlim.

  • 1940 - Morre de ataque cardíaco aos 72 anos, em Berlim.

RIEMERSCHMID, Richard
(Richard Riemerschmid)

 Em Arquitetura, era um clássico. Mas sua obra de design oscilava do mobiliário Arts & Crafts à Cerâmica Art Nouveau passando por objetos produzidos mecanicamente com geometria proto-bauhausiana simples. Riemerschmid pode ser considerado um dos mais importantes designers alemães do século XX”.
BYARS, Mel. [1994]
The Design Encyclopedia.
London, Laurence King Publishing / New York, MoMA, 2004 .
 CRONOLOGIA: 
  • 1868 - Nasce em Munique, na Alemanha.

  • 1888 - Estuda na Akademie der Bildenden Künste, em Munique.

  • 1896 - Projeta sua própria casa em Pasing, Bavaria.

  • 1897 - Funda, junto com Peter Behrens e Hermann Obrist - entre outros -, a Münchner Vereinigte Werkstätten für Kunst im Handwerk.

  • 1900 - Participa da Exposição Universal de Paris, onde expõe um “quarto para os amantes de Arte”.

  • 1903 - Leciona na Escola de Arte em Nuremberg.

  • 1904 - Começa a projetar móveis para produção em série.

  • 1907 - Funda a Deutscher Werkbund, junto com Behrens, Mies van der Rohe, Gropius e outros.

  • 1913 - Nomeado Diretor da Kunstgewerbeschule (Escola de Artes Aplicadas), em Munique, posto que ocupará até 1924.

  • 1926 - Nomeado Diretor da Kölner Werkschulen, posto que ocupará até 1931.

  • 1957 - Morre aos 88 anos.

VAN DE VELDE, Henry
(Henry van de Velde)

 1863 - 1957
 CRONOLOGIA: 
  • 1863 - Nasce na Antuérpia, Bélgica.

  • 1880 - Estuda Pintura na Academia de Artes da Antuérpia.

  • 1892 - Abandona seus estudos de Pintura para estudar Artes Aplicadas e Decorativas.

  • 1894 - Leciona na Université Nouvelle em Bruxelas. Sendo seu primeiro curso: Artes Industriais e Ornamento.

  • 1895 - Constói sua própria casa, chamada Bloemenwerf, em Uccle, Bruxelas. No mesmo ano, projeta o interior e os móveis para a galeria de arte L’Art Nouveau de Samuel Bing, em Paris.

  • 1897 - Muda-se para Berlim. No mesmo ano, projeta mobílias para a exibição de Arts & Crafts em Dresden, Alemanha.

  • 1898 - Funda a Van de Velde GmbH em Berlim.

  • 1899 - Muda-se para Weimar.

  • 1902 - Projeta a Villa Esche em Chemnitz, Alemanha.

  • 1905 - É convidado para projetar a Escola de Arts & Crafts em Weimar, precedente da Bauhaus, a qual dirigiu nos 10 anos seguintes.

  • 1907 - Torna-se membro da Deutscher Werkbund.

  • 1913 - Projeta o Werkbund-Theater para a Deutsche Werkbund Exhibition em Cologne, Alemanha no ano seguinte.

  • 1915 - Renuncia ao cargo de diretor da Escola de Artes e Ofícios em Weimar e aponta Walter Gropius como seu sucessor.

  • 1918 - Muda-se para a Suíça.

  • 1920 - É apontado arquiteto de Anton Kröller e Helene Kröller-Müller na cidade de Haia.

  • 1926 - Funda a Escola de Design La Cambre, em Bruxelas.

  • 1937 - Projeta o pavilhão da Bélgica para a Exposição Mundial de Paris, e para a Exposição de Nova York dois anos depois.

  • 1938 - Constrói o Kröller-Müller Museum, em Otterlo.

  • 1947 - Se aposenta e se muda para a Suíça, onde escreve sua autobiografia Die Geschichte meines Lebens (“A história de minha vida”).

  • 1957 - Morre aos 94 anos em Zurique, na Suíça.

Ooops!
Não encontramos resultados
com essa pesquisa.